O Significado do Amor de um Passaros

 


Essa história que irei narrar, que por sinal não é muito diferente de tantos outros amigos de penas, conta a luta em sobreviver no mundo humano e é neste contexto que descreverei minha vida.
Fonte: omundodospassaros




 

O Significado do Amor de um Passaros  

O Início...

Essa história que irei narrar, que por sinal não é muito diferente de tantos outros amigos de penas, conta a luta em sobreviver no mundo humano e é neste contexto que descreverei minha vida.
Meu nome é Luck embora ninguém saiba, eu sou um pequeno pássaro que talvez não faça parte de nenhuma estatística em nenhum registro dos seres humanos, entretanto, em hipótese alguma deixo de ser um pequenino que possui uma vida como qualquer outra na face da terra.
As minhas primeiras semanas de vida ainda muito pequeno, nas asas de meus pais, descobri o sentimento de amor embora ainda não soubesse bem o que significava isso, tinha certeza que era uma coisa muito boa e generosa, pois, demonstrava carinho, proteção e uma verdadeira fonte de calor que não há nada neste mundo que possa comparar, infelizmente esse tempo de amor durou muito pouco, porque ainda nas primeiras semanas da minha vida, fui tirado de meus pais.
Daquele momento em diante já pensava que meu destino não poderia ser dos melhores.
No lugar para onde fui havia outros pequeninos passando pelo mesmo processo de adaptação e em seus olhos eu pude sentir a dor em estar longe de quem começou a amar muito. Embora o lugar onde estávamos não era ruim, tínhamos comida na hora, o calor certo para os nossos corpinhos e o ambiente era muito limpo, eu só não encontrava ali o carinho e o aconchego de meus pais que me tratavam como uma jóia de valor inigualável.
Tudo passava muito rápido, fui crescendo e adquirindo minhas primeiras penas de vôo, era tudo novo para mim e notava que algumas formas no tratamento de carinho e atenção estavam sendo mudadas.
Ao completar dois meses de idade já estava em uma gaiola e numa tal de loja de pássaros onde ali me tratavam como algo de valor, mas não como meus pais me davam e sim um valor estranho e diferente, algo que era preciso pagar para me ter. Fiquei ali algumas semanas, fiz novas amizades e num determinado dia...